Ensino Infantil

A Proposta

 

Coordenação: Profª Andreia Brassaloti
 andreiabrassaloti@yahoo.com.br

 

A Educação Infantil do Sistema de Ensino Objetivo oferece às crianças um conjunto de oportunidades, meios e materiais para o crescimento saudável. Trabalhamos para que a criança se sinta autoconfiante e segura no ambiente escolar e em seus relacionamentos.

Oferecemos a ela condições para que viva a sua infância de maneira ativa e questionadora, estimulando a sua curiosidade. E é no contato com crianças que ela vai aos poucos incorporando valores, conhecendo seus limites e aprendendo a respeitar sentimentos, ideias, atitudes e direitos alheios. Nossa Educação Infantil visa ao desenvolvimento integral do aluno, levando em consideração os sabores que ele traz e sua capacidade de aprender em interação com o ambiente social e físico, no qual se dá a construção do conhecimento, o desenvolvimento emocional, a socialização e a assimilação de valores éticos e estéticos. Em síntese, nosso compromisso é oferecer aos nossos alunos um ambiente agradável, estimulante, desafiador e seguro por meio de um projeto educacional alinhado aos novos tempos.

A proposta educacional da Educação Infantil é sempre pautada pelo respeito à criança. Ela é tradada como individuo livre, capaz, potente criativo, crítico, descobridor de seu espaço, ousando sempre novas descobertas, construindo seus valores, interagindo em seu meio ambiente e modificando-o. A didática adotada favorece a reflexão, a invenção e a troca ampla e aberta de experiências – uma postura educacional que reconhece, no aluno, múltiplas habilidades e favorece seu desenvolvimento. Enfim, nossa proposta visa a uma formação ampla e integrada para que nossos alunos possam assumir, com dignidade, o papel de cidadãos conscientes e responsáveis. O material didático privilegia a participação ativa, criadora e prazerosa do aluno, com independência e segurança. Cada atividade envolve um conjunto de questionamentos, reflexões, exploração de material concreto, experimentações interações, divergências, discussões e argumentações, antes de o aluno chegar ao registro propriamente dito de suas experiências e descobertas nos Cadernos de Atividades. 

 

Saiba mais!

Adaptação

Como é feita: Adaptação no Berçário

 

No Berçário é frequente o aparecimento de sentimentos de culpa, insegurança, ansiedade e ciúmes pelo "abandono" do filho na escola. Se você estiver deprimida por esse sentimento procure discuti-lo com a Psicóloga da escola.

Com a maioria das crianças, até os sete meses, não há problemas de adaptação, pois o bebê não distingue visualmente, a sua mãe de outros adultos estranhos, é a partir dos oito meses que verifica-se o "estranhar" (nível de maturação que permite ao bebê distinguir a diferença visual entre o conhecido e o desconhecido). Nessa época a adaptação pode ficar mais difícil e levar alguns dias.

Comece deixando-o no berçário:

  • 1º dia: venha buscá-lo (a) depois de 2 horas;

  • 2º dia: venha buscá-lo (a) depois de 2 horas;

  • 3º dia: venha buscá-lo (a) depois de 3 horas;

  • 4º dia: venha buscá-lo (a) depois de 3 horas;

  • 5º dia: venha buscá-lo (a) depois de 4 horas.

Em caso de dúvidas quanto ao comportamento de seu filho ou quanto às condutas adotadas pela escola, procure a direção/coordenação que estará à sua disposição para esclarecer e ajudá-lo sempre que necessário.

Seja um de nossos amigos no Facebook!

 
 

Rua Rio Tapajós, 70 | Zona Norte

Ilha Solteira/SP | 15.385-000

(18) 3743-6644

MENU
SECRETARIA
Logo3.fw.png
ENSINO

© 2019 NEP Objetivo| www.nepobjetivo.com.br